Eae galera tudo bem, hoje vamos fazer um episódio especial falando sobre o termo, feito é melhor que perfeito.

Ta, o Rômulo fala de ter qualidade nas postagens e agora vem com esse papo de feito é melhor que perfeito?
Isso mesmo!

Mas onde eu quero chegar é que você não precisa ficar se limitando ao criar conteúdo.

Como trabalho com produção de vídeos e atendi muitos clientes de social media, o maior problema era quando os meus clientes precisam aparecer ou fornecer algum conteúdo. Eles travavam e a coisa não acontecia.

Eu demorei entender que as pessoas não tinham a obrigação de saber criar conteúdo, que era meu papel pegar na mão e ter paciência na hora de guiar.

Então por isso adotei muito do feito é melhor que perfeito.

E vou dar um exemplo simples aqui!

A maioria das pessoas tem medo da câmera, acham que ela vai pular em cima delas e morder.

Mas quando pegam o celular na mão, abrem o instagram e saem falando nos stories e esquecem do mundo externo. Mas isso não acontecia a um tempo atrás, o mesmo medo que tem hoje de falar para uma câmera, você tinha de falar nos stories, mas o tempo foi passando, você foi fazendo, fazendo e fazendo, até que se tornou natural.

E isso vai ser natural com tudo que for fazer. Até criar o hábito e o gosto pela coisa.

Se você não fizer isso hoje, não vai fazer amanhã nem depois. E a matemática é simples, quanto mais tu fazer, mas rápido vai chegar lá.

Quanto antes tu der a cara a tapa, mais forte vai ser o tapa e mais aprendizado você vai ter.

Se doer por que você fez merda, você vai se recuperar, aprender com seu erro e fazer melhor do que fez. E isso é o natural de todo ser humano.

Tenho certeza que se algum dia alguém reclamar e você falar “poxa, me desculpa, mas eu prefiro errar por ter tentado do que perder a oportunidade por medo de errar”, eles vão sentir empatia e ver que você está certo.

Então vai la e faz!
Aguardo vocês no próximo episódio, valeu.


Galera, lembrando que seu feedback é muito importante para que eu melhore os vídeos e que fique do agrado de todos. Estou anotando cada um dos feedbacks e fazendo meu melhor para corrigir meus erros.

CONTEÚDOS COMPLEMENTARES

Abaixo vou citar algumas referências e colocar uma resenha do meu ponto de vista sobre eles. Então fiquem a vontade para questionar sobre nos comentários!

Clique nos nomes, pois esta o direcionamento direto para o instagram deles!

Categoria: Foto, Vídeo, Direção de Arte, Roteiro e Life Style

Categoria: Marketing Digital, Social Media, Estratégia, Branding, Empreendedorismo e Conteúdo Online

Gary Vee

Gary Vee é o pai do marketing digital “para mim e para muitos empreendedores digitais”, eu AMO a metodologia de criar macros conteúdos (este post + vídeo completo) e depois gerar micros conteúdos para que chegue ao máximo de pessoas (pega o vídeo de 3 minutos, desmembra em várias partes e distribuí em escalas menores, feed, stories, inbox…). E o Gary Vee é expert neste assunto. Sou muito grato pelo que aprendi com ele.

E o melhor! Tem o perfil em português.

Erico Rocha

Erico Rocha eu acho ele FODA! Foi o primeiro contato que eu tive com o marketing digital, quando ele estava começando, morava em londres e saia todos os dias de manhã para caminhar e gravava 1 vídeo por dia (percebeu o porque da minha dica diária nos stories?)

Ele foi o primeiro que entendeu que frequência e consistência seria o pulo do gata nas mídias. Isso ele não vendia no curso dele, mas eu presenciei o crescimento exponencial dele e de outros players neste período.

E a formula de lançamento, já ouvi muitos criticarem, alguns são meio haters de mais, porém a 1 mês atrás eu voltei fortemente para o marketing digital e consumi VÁRIOS cursos online, das novas autoridades. E achei PÉSSIMOS, que são conteúdos que o próprio erico da de graça na internet! E confesso que é um dos motivos de euzinho começar fazer esses conteúdos.

Então PRA MIM, ele é foda, porque chegou onde todos querem e não conseguem chegar. That’s it.

Ele simplesmente fez o kit perfeito, vende a formula, vende a plataforma de site, vende e-mail marketing, vende tudo que você precisa para o formula ser eficaz.

Raiam

Diferente do Erico o Raiam leva o business de marketing digital para outro lado, vende a “vida perfeita”, estratégia que anda dando muito certo no funk, de mostrar que é milionário e que tem a vida perfeita, e que isso nunca irá acabar…

Eu sou contra deste estilo de empreender, mas não tenho como negar que o cara É FODA! É best seller na venda de livros, vende curso online igual água, vende muita mentoria e tem parceria com os top players do mercado. E literalmente ganha a vida viajando.

Ele criou um personagem e sabe muito bem converter o cliente dele, é realmente um mestre.

Porém, minha dica é não seguir os conselhos dele, eu acho que o jeito machista, pegador e ostentador. Não esta enquadrado no melhor jeito de empreender. Prefiro pessoas e instituições que estão focados em pessoas, em bem estar humano e não intrigas. Mas claro, se você curte, sua escolha rsrs.

E consumindo o conteúdo do curso dele online, eu realmente me frustei, são conteúdos que eu julgo que deveriam ser gratuitos apenas. Pois tem tudo que ele diz na internet, basta as pessoas procurarem um pouquinho.

Luciana Levy

Conheci a Lu através de um cliente, que comprou o curso online dela sobre instagram e passou pra mim estudar. E foi mais um dos cursos que eu acho que deveriam ser gratuitos. Mas que entrega o arroz com feijão muito bem.

E por ser uma influencer que faz seus conteúdos (estratégia, textos, fotos, artes) com perfeição. Achei que pecou na entrega da edição do conteúdo. Que é 100% focado apenas na imagem dela falando.

Mas aconselho fortemente que acompanhe a forma que ela se comunica, é de mais!

Camila Porto

A Camila Porto está a muito tempo neste mercado, teve um crescimento enorme no começo e depois estacionou. Fazia tempos que não consumia o conteúdo dela, mas dando um check-up aqui, vi que não mudou muita coisa.

Mas eu recomendo dar uma olhada, pode ser que você se identifique com a metodologia dela. Que para mim, não funcionou.

Pedro Sobral

O Pedro é um ninja da compra de tráfego. Tem muitos lançamentos milionários nas costas, um deles é o curso de inglês do Mairo Vergara.

Ele não tem uma quantidade absurda de seguidores, mas os que tem, são bem fiéis.

Então se hoje tu me perguntasse quem eu indicaria para ser ninja em tráfego, o nome dele estaria entre os primeiros.

Samuel Pereira

O Samuel é mais um dos nomes de tráfego que eu indicaria. Apesar de fazer tempo que não consumo os conteúdos dele, mas pelo o que já consumi, sei que ainda funciona. Então vale a pena ver se você se identifica com a forma que ele se comunica.

Tiago Tessmann

O Tiago é mais um dos mestres samurais do tráfego, porém ele é mais focado em anúncios no google. Que é uma arma essencial na vida de quem quer gerar resultados para empresas. Todos precisam de um site que seja bem rankeado e com compra de tráfego que gere resultados de fato.

Henrique Carvalho

O Henrique é mais um dos players que consumo a bastante tempo. Adoro o mindset empreendedor que ele tem, o lifestyle natureba e de paz interior rsrs

Os conteúdos dele são bem fáceis de aprender, apesar de eu achar um pouco sem ritmo, lerdo de mais para entregar o ouro, mas que até uma criança aprenderia.

Fábio Ricotta

O Fábio eu gosto e me identifico com os conteúdos, não sigo com alta frequência, mas ele tem uma mentalidade que veio das agências, agência de publicidade, conteúdo, atender o cliente no dia a dia. Então eu acho que os conteúdos dele tem muito o que te ajudar.

Pedro Superti

O Pedrão é foda! Ele tem o movimento de marketing de diferenciação e isso vem muito do mindset de cada pessoa, de como você se comportar e ter ótimos resultados com isso. Uma mentalidade de top player saca?

Mais engomadinho e chique, fora do meu ser, mas o cara tem sacadas fodas de mais. Eu aconselho seguir esse cara, pois para o SEU CLIENTE será importante.

Gui Cardoso

O Gui é um monstro do Growth Hacking!

Conheci o trabalho dele através da High Stakes Academy (que são um dos caras que sou mais grato, pelos conteúdos gratuitos, curso online e eventos presenciais). Além de ser um monstro no marketing digital e entender a “mentalidade por trás do resultado”. O mindset deste cara é foda, o lifestyle de alta performance é surreal, assim como o ex sócio dele, Gabriel Goffi.

Gabriel Goffi

O Goffi foi o cara que moldou a forma que eu enxergava o mundo, através dos conteúdos deste cara eu tive a PRESENÇA no meu trabalho e entendi o meu lugar e onde eu queria chegar.

E o melhor de tudo, como eu iria potencializar isso para chegar nos top players.

E em 2017 eu tive a oportunidade de participar do High Stakes Experience, que é o evento presencial deles, onde foi um enorme encontro a todas as possíveis culturas. Gente do brasil inteiro, stands mais diversos possíveis (tecnologia, mindset, performance, comidas, espiritualidade etc…). Foi simplesmente SURREAL.

Esse eu aconselho fortemente que siga! Ele sumiu, mas quando voltar, vai trazer algo surreal. Tenho certeza.

Murilo Gun

O papai Gun é tipo o Goffi pra mim, mas ele foi o lado criativo da coisa. Consumi ambos ao mesmo tempo e foi onde minha mente explodiu e dei um 360 graus na minha carreira.

Depois que eu descobri que a criatividade era para solucionar problemas e não criar coisas bonitas. Tudo mudou, pois quem soluciona mais problemas, são os que se destacam. E para isso acontecer, tu entra para o lado humano da coisa, que extrair o melhor de cada um, é o maior e melhor ativo de qualquer business.

Assim larguei minhas preocupações com estilo, roupa, o que eu comia, o que eu ouvia, nada disso importava mais, desde que eu pudesse mostrar quem sou e o meu potencial.

Então siga! O cara é foda, empreendedor desde os 13 anos. Futurista, já foi para a Nasa, Singularity e esteve entre os melhores.

Tiago Mattos

O Tiago tinha que entrar aqui né! Acabei de falar do Gun, que é um baita futurista. Que inclusive foi o Tiago que ajudou o papai gun chegar na Singularity, o Tiago é considerado um dos principais futuristas do pais, em 2017 ele entrou no time de professores da Singularity University (NASA), entre inúmeros “roles” no futurismo, que vou ser obrigado a colocar o Wikipédia aqui.

Leia o Wikipédia, depois vá atrás do livro dele “Vai la e faz” esse livro moldou meu mindset também, trouxe a espirito de “startup” pra mim, então empacotando a alta performance do Goffi a criatividade do Gun e a metodologia do Tiago, eu me transformei no Mewtwo kkkk

Caio Carneiro

O Caio é FODA! Assim como o livro dele “Seja Foda“.

Eu estava em um momento de reconexão nos estados unidos quando li o livro dele, que foi agora em junho de 2019, que por sinal, está rendendo este projeto e minha cara a tapa nos conteúdos online. E hoje minha esposa está lendo e curtindo de mais.

Ele vai trazer o lado do “auto ajuda” da mentalidade de alta performance, de como ser positivo, de como chegar em resultados extraordinários. Esse é o Caio! Da uma olhada nos conteúdos dele e diz o que achou.

Rick Chesther

A história do Rick é foda de mais! Ele é ex-ambulante de Copacabana que virou sucesso no Youtube e foi palestrar em Harvard.

Ele é palestrante, escritor do livro “Pega a Visão” e com certeza uma inspiração.